As consequências dos acidentes de trabalho

Na aula passada de nosso curso, falamos, de uma maneira geral, sobre os Acidentes de Trabalho, onde demos um enfoque maior a questão física, de saúde, dos trabalhadores.
As consequências dos acidentes de trabalho
Vamos falar mais especificamente sobre esses acidentes, focando nas consequências deles, que não são sentidas somente pela vítima, mas pelos familiares, colegas, empresas e até mesmo na economia de uma nação.

Vale ressaltar que, no contexto de nosso curso, do estudo da Segurança do Trabalho e Higiene Industriale dessa aula, vamos considerar as doenças ocasionadas pelas más condições de trabalho e de higiene, como um acidente também.

Clique aqui para obter seu certificado de Segurança do Trabalho e entre já no mercado de trabalho!

Consequências de um acidente de trabalho para uma empresa

Diferente do que muitos pensam, as consequências de um acidente no trabalho são bem piores do que imaginamos, e elas tem um impacto fulminante em praticamente todos os setores: familiar, fraternal, empresarial, social e econômico. Infelizmente, a maioria das empresas e trabalhadores só notam esses aspectos quando algum acidente ocorre.

É óbvio que uma morte ou simples ferimento é algo horrível para a vítima e as pessoas ao redor.
Mas temos que ser realistas: empresas e indústrias existem para produzir e lucrar.
Uma empresa não vai fechar ou parar momentaneamente por conta de algum acidente.

Por isso, um profissional da área de Segurança do Trabalho não deve se atentar somente para a questão da saúde, mas também da economia. Para conscientizar um setor industrial e empresarial, precisamos estudar e mostrar os impactos econômicos que acidentes no trabalho podem ocasionar.

Além de baixar o rendimento de profissionais que estão sujeitos a péssimas condições de trabalho, um acidente pode desmotivar, estressar e deixar receoso os outros profissionais. E hoje em dia, existem multas e fiscalizações por parte do Governo para com as empresas.

Portanto, além da parte óbvia de saúde, os acidentes de trabalho tem impactos negativos em relação ao financeiro.
Segurança do trabalho não se refere somente a evitar acidentes, mas também zela pelas condições econômicas, administrativas e de gestão de qualquer indústria ou empresa.
Empregados que sentem confortáveis, que são conscientes, que sabem que estão protegidos e bem treinados irão trabalhar muito mais, muito melhor e de uma forma bem mais produtiva.



Consequências financeiras de um acidente de trabalho

Má saúde é consequência de altos gastos. Todo governo, de qualquer país sabe disso.
Além do fato negativo e óbvio de um acidente, eles deixam um rastro de gastos. E são altos gastos.
Dentre eles, podemos citar:

  • Transporte: Ambulâncias não são carros comuns, elas tem equipamentos médicos caros, de alto custo e que consomem muita energia, além do preço de manutenção. Dentro desses veículos, é necessário a existência de um motorista profissional, um médico e um técnico de enfermagem, o que nos mostra o quão caro é um serviço ambulatorial desses, que é acionado sempre que algum acidente de trabalho ocorre.
  • Hospital: Equipamentos necessários para cirurgia tem custos de milhões de reais, e mais caro ainda é o conhecimento necessário por parte dos profissionais, como os médicos. Se somarmos isso ao que é gasto para internar uma pessoa (leito, alimentação, medicação, cuidados de enfermeiros) notamos o gasto público com os acidentes. Um dia em uma UTI, por exemplo, pode custar até R$ 20.000,00
  • Familiar: Os gastos não existem somente nos hospitais. Quem já cuidou de um enfermo, sabe o que é necessário comprar: remédios, soro, seringas, fraldas, lençóis, cadeira de rodas, gaze, esparadrapos dentre outros gastos
  • Governamental: Quando alguém se acidenta, geralmente para de trabalhar e não tem mais como manter seu padrão de vida, e o de sua família. Por lei, o governo deve subsidiar vítimas de acidentes com benefícios financeiros
Ou seja, um acidente afeta econômica todos os setores de uma nação.
A pessoa é afetada, podendo não voltar a trabalhar. 
Sua família poderá sofrer se o acidentado for quem mantém ou ajuda no financeiro da casa. 
A empresa perde um funcionário e sua produção, além de sofrer com encargos de multas pelo acidente. 
O país irá gastar para custear as consequências do acidente e deixará de produzir com menos pessoas economicamente ativas.

Segurança no Trabalho não trata apenas de saúde e bem-estar físico, mas também de Economia.

Consequências psicológicas de um acidente de trabalho

Uma pessoa que sofre um acidente, seja no trabalho ou não, nunca mais é a mesma.
Ela ficará, no mínimo, mais atenta ao seu ambiente. Alguns trabalhadores simplesmente não conseguem mais voltar ao seu trabalho.

É comum ouvirmos falar de motoqueiros que pararam de pilotar após um acidente, de atletas que não possuem mais o mesmo rendimento depois de algum imprevisto acidental.
São os ditos traumas, que ocorrem mesmo quando as pessoas não sofrem sequelas permanentes.
Os que sofrem sequelas, com certeza, terão mais dificuldades para se recuperar do trauma, sendo comum e necessário uma assistência profissional, geralmente de psicólogo ou psiquiatra.

A família, ao ter um acidentado em casa, muda totalmente sua rotina, passando a viver em função da vítima.
Os cônjuges, muitas vezes, tem que largar suas atividades profissionais para atender as necessidades do trabalhador vítima de acidente. E caso seja grave, o parceiro tem que trabalhar para prover o que está em falta, financeiramente falando, já que a vítima não irá mais ganhar o mesmo de antes.

Seja um acidente, com ou sem sequelas,  e de morte, marcará todos que conhecem a vítima.
Não só a família, mas também amigos e colegas de profissão. Isso pode influenciar negativamente a empresa, pois os funcionários terão consciência que estão desempenhando uma função onde uma pessoa se acidentou. E esse fato fará com que o rendimento laboral venha a cair.

2 comentários:

Angela disse...

otima materia, adorei!

Dercio Tsambe disse...

simplesmente proveitoso gostei

Texto 100% original e todas as imagens são livre para uso e foram obtidas em http://commons.wikimedia.org